Como dissolver as Mágoas

mágoa                             

“Na vida em sociedade aprendemos a conviver. Exercitamos formas de aceitar e sermos aceitos pelos outros. Para que esse exercício seja proveitoso e frutifique, não devemos agasalhar em nosso coração nenhuma mágoa.

Coração magoado é porta aberta para as dores da alma. Quando nos magoamos estamos passando o nosso atestado de que possuímos vaidades que não tentamos vencer, orgulho que não conseguimos que dê lugar à humildade, perdão que nos negamos a dar.

A mágoa é elemento radioativo que destrói nossa capacidade de vencer obstáculos, de fazer crescer em nós as virtudes capazes de elevarem nossa alma.

Destrói em nós a capacidade de amar, de alimentar o bem. Com o coração magoado sofremos os percalços das dores, sem ter machucado nosso corpo físico.

É a mágoa, a responsável por muito sofrimento de ordem emocional e até por muita oportunidade perdida. Muitas vezes não temos humildade para reconhecer que só nos magoamos por causa de nossos defeitos. Se esquecermos nosso orgulho, nossas vaidades estaremos aptos ao perdão e abertos ao amor, fazendo crescer a nossa capacidade de elevar-nos, de ascendermos, de evoluirmos e, de novo, de acreditarmos no bem.

Se nos dispusermos a seguir o que nos ensinam a vida e a própria natureza, seremos capazes de fechar a porta de nosso coração para toda e qualquer mágoa.

Estaremos, assim, livres de dores desnecessárias. E, então, seremos capazes de distribuir simpatias, de sermos amorosos e de olharmos o outro com a empatia necessária para caminharmos ao seu lado com respeito.

Paremos um pouco para refletirmos sobre nossas atitudes, procurando fazer com que as alegrias e as virtudes próprias de uma alma elevada sejam constantes na vida de cada um de nós. Dessa forma, não podemos ignorar o limite moral que movimenta o universo, quando queremos modificar alguma coisa em nosso meio.

Que possamos estender os braços para o outro, na certeza de abraçar energias positivas, despidos de orgulho e vaidade, voltando-nos para o crescimento próprio e para o engrandecimento do grupo maior ceveviano, o qual estamos unidos, irmanados pelo mesmo ideal e vibração de amor.”

Neide / Itajaí (SC)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: