Arquivo para Frederick Perls

A Cura da Gagueira – Liberte a Raiva que não pode fluir

Posted in A Cura da Gagueira with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on março 12, 2011 by carl1ike

Nenhuma criança nasce gaga, portanto, descartemos as supostas falhas musculares, físicas ou hereditárias. A gagueira em geral, começa a se manifestar na criança dos 4 aos 5 anos de idade e reflete uma repressão psicológica e emocional, seja por parte dos pais, do ambiente ou das pessoas que cuidam dela, que inibe a auto-expressão e consequentemente, o fluir natural da agressividade e da raiva, inerente a qualquer criança, bloqueando desta maneira, a fala. É sabido que qualquer pessoa exposta à muita pressão psicológica, stress, exigências ou expectativas excessivas, pode gaguejar, mesmo sem ser um gago crônico.

Segundo o relato de Frederick Perls, criador da Gestalt Terapia, você poderá encontrar uma saída para o problema da gagueira, se compreender o que está por trás dela: ” Duas semanas atrás tive uma experiência maravilhosa; não que não tivesse sido uma cura, mas pelo menos foi um abrir-se. O homem era gago e eu pedi a ele que aumentasse a sua gagueira. Enquanto gaguejava, perguntei a ele o que estava sentindo na garganta, e ele disse: ” Eu sinto como se estivesse me sufocando”. Então lhe dei o meu braço e disse: ” Agora, sufoque a mim”. “Pelo amor de Deus, eu poderia matá-lo”, ele respondeu. Ele realmente entrou em contato com seus sentimentos, e falou alto, sem qualquer dificuldade. Então mostrei a ele que ele tinha uma escolha existêncial: ser um homem bravo, ou um gago. E vocês sabem muito bem como um gago pode torturar a gente, manter a gente sob tensão. Qualquer raiva que não sai, que não flua livremente, se transformará em sadismo, instinto de poder, e outros meios de tortura. Assim não precisamos mais das terapias que duram anos…”

Para surfar a grande onda vc tem que passar pela arrebentação

Posted in Para surfar a grande onda with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on janeiro 13, 2011 by carl1ike

Quem quiser surfar a grande onda, ou seja, ter sucesso, reconhecimento, estabilidade, segurança, dinheiro na vida, sem dúvida nenhuma vai ter que passar pela arrebentação. 

Todo surfista sabe que antes de desfrutar o prazer de surfar uma onda gigante, terá de enfrentar vários caldos, terá de treinar para ter um fôlego e um preparo físico excepcionais, pois, quanto maior a onda, maior o prazer, mas, também, maior é o risco. 

Muita gente, quando criança, é educada para não ser frustrada, porém, a frustração, no caso, as ondas que irão cair na sua cabeça até vc se posicionar para a onda certa e tão almejada, serão o seu melhor professor, mas, hoje em dia, a criança aprende cada vez mais cedo a evitar a frustração, que fará com que ela caminhe com as prórias pernas, que a transformará num adulto saudável e confiante, ao invés de um eterno inseguro, insatisfeito, fracassado e mimado.

A pessoa mimada é exatamente esta, que ao invés de suportar as frustrações da vida para crescer com elas, as evita, gerando um eterno ciclo vicioso de manipulação, dependência e fracasso, pois, todo o mimado sente-se um incapaz, o fracasso será seu companheiro eterno, caso esta pessoa não se conscientize de suas fraquezas, as enfrente e comece a caminhar com as próprias pernas. O mimado é aquele que nada suporta, que nada consegue, que inicia várias coisas e não termina nenhuma, que está sempre a procura de manter sua auto-imagem para os outros, que tem o seu centro de atenção, nos outros e não em si mesmo, aquele que tenta sempre ser o lindo, o que não erra, o que não falha, pois, não suporta a frustração, e esse fugir constante da frustração é o que torna a vida do mimado tão miserável.

Se vc é um mimado, está na hora de começar a enfrentar a frustração, se não, estará fadado a ter 50, 60 anos e ainda ser sustentado pelos seus pais, ou seu conjuge, vc verá seus amigos crescendo, desfrutando de suas conquistas, enquanto que vc fica cada vez mais para trás, como se todas as ondas da arrebentação estivessem te empurrando para ainda mais longe da grande onda, porque no fundo, vc se sente um fraco, vc não desenvolveu sua própria força para superar dificuldades e vencê-las, vc se vê enredado em desculpas, fugas, em bajulações, em tentar sempre agradar os outros, pois, depende doentiamente da aprovação deles, um verdadeiro inferno, mas,  nunca é tarde para começar a mudança. Para quem tem interesse em sair da posição de mimado, um boa dica de leitura é um livro chamado: ” Gestalt Terapia Explicada” cujo autor é Frederick S. Perls