Arquivo para padrões negativos

Como libertar-se da Culpa e Auto-Sabotagem

Posted in Como libertar-se da culpa e auto-sabotagem with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on abril 17, 2014 by carl1ike

escada

A culpa é um sentimento que sugere a falta de merecimento, o não permitir-se fluir, viver e desfrutar as boas coisas da vida. Se fizemos algo que consideramos errado, seja numa fase passada ou recente de nossa existência, este fato pode nos prender à padrões de auto-sabotagem e destruição que nos leva a viver uma vida opaca, sem brilho, enclausurados em sofrimentos e punições que muitas vezes são insuportáveis para nós e para os que nos rodeiam, estado interno, onde muitos acabam por sucumbir.

Todo nós já experienciamos situações, onde tudo estava indo bem, até que um pequeno detalhe, uma pequena ocorrência, acaba por destruir toda esperança e positividade, lançando-nos num turbilhão de problemas e conflitos, muitas vezes torturantes e intermináveis, que nos aniquilam interiormente, fazendo-nos confirmar que não somos dignos ou merecedores do bem que tanto almejávamos.

A lógica básica da culpa é: se sou culpado, preciso ser punido, e somos muito criativos e cruéis em nossas auto punições, somos na verdade o nosso pior carrasco.  Quanto sofrimento imposto, quantas possibilidades não realizadas, quantos anos de nossa vida gastos neste aprisionamento e falta de fluidez, que nos deprime a alma e nos faz muitas vezes pensar no suicídio.

É importante sabermos então de onde vem toda esta negação, toda esta capacidade de aniquilar as nossas próprias vidas. Todo ser humano é formado pelo Eu Inferior (ou a criança egoísta inconsciente, com toda a sua ignorância, destrutividade e todos os seus protestos de onipotência), o Ego Consciente (com todo o conhecimento e vontade conscientes) e o Eu Universal ou Superior (com sua sabedoria, seu poder e amor superiores, bem como sua compreensão abrangente da vida humana)

Para que possamos nos libertar destas situações negativas e deixarmos nossa vida fluir livremente, em todos os âmbitos, ou seja, da saúde, do bem estar, do equilíbrio, da prosperidade, do amor, da realização, dos relacionamentos, da profissão, é importante entrarmos em contato com nossa criança interna destrutiva, que desde cedo foi a responsável por criar concepções errôneas sobre nós e os outros, gerando ódios, rancores, maldade e qualquer sentimento negativo que nos invade atualmente.

Porém, este contato deve ser executado em conjunto com o nosso Ego Consciente, que nos provê a vontade de mudarmos, que sabe que não podemos continuar nestes mesmos padrões destrutivos, e com o Eu Superior, que é nossa essência divina, que é quem nos fornecerá as orientações e a força suficiente para conseguirmos encarar toda esta destrutividade, sem sucumbirmos internamente, achando que somos por fim, toda esta negatividade que vemos em nosso ser.

O Ego consciente, precisa ser receptivo e não julgar a nossa Criança destrutiva e onipotente, com todos os seus traumas, fúrias e distorções, pois, a medida que formos deixando-a se expressar seguramente, sem porém, nos identificarmos com ela, seremos capazes de identificar o que nos faz infelizes e teremos a oportunidade de reconstruirmos nossa vida, de forma sólida e digna, e desta maneira, usufruirmos todas as boas coisas que estão destinadas à nós, desde o princípio.

 

Anúncios

Ho’oponopono p/ melhorar a condição financeira

Posted in Ho'oponopono para a Prosperidade with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on dezembro 21, 2011 by carl1ike

 

Como melhorar a Condição Financeira

por Al McAllister

“O Dr. Ihaleakala Hew Len diz que a pobreza e a situação de insuficiência de dinheiro na vida da pessoa são memórias repetindo um mesmo padrão.

Esta consciência de pobreza, então, é um padrão de pensamento que se torna mais forte conforme as dificuldades financeiras aumentam; ele se torna auto-sustentável devido o tipo de energia negativa gerada por essa condição.

Toda vez que a pessoa pensa repetitivamente que “falta isso ou falta aquilo” cria-se um padrão, um ritmo de vibração que reforça a percepção e a manifestação de insuficiência na sua vida. Esse sentimento de não se ter o suficiente, essa vibração, atrai mais situações de real falta de recursos e condições. Repetem-se, então, pequenos eventos de insuficiência que mantêm a pessoa estressada, vibrando mais sentimentos de falta de recursos. Isso vai se amontoando criando um cenário de muito sofrimento e até desespero por não se poder arcar com os custos considerados como básicos e normais de vida. O problema com isso é que quando a pessoa se esforça para sair da situação, por ela estar sendo motivada pelo sentimento de insuficiência financeira, ela vibra este mesmo sentimento e chama para ela a mesma condição, perpetuando o sofrimento. Mesmo se desdobrando no trabalho, se esforçando muito, parece não adiantar nada. Também não adianta pensamento positivo, visualização, etc. Estas técnicas geram expectativas e expectativas estão sempre no futuro. A solução se encontra no Presente.

A boa notícia é que a experiência de se viver este padrão repetitivo existe para lhe dar a noção do que você não deseja mais em sua vida! A chave está em tirar seu foco do padrão de insuficiência financeira e colocá-lo nos sentimentos de gratidão e apreciação por tudo de bom que você tem em sua vida agora.
Como tirar o seu foco de cima do padrão de falta de recursos para se passar a apreciar e ser grato? Com o Ho’oponopono.
Comece sendo grato por ter os processos Ho’oponopono disponíveis em sua vida.

Acredite, a mudança pode ser instantânea quando “a ficha cair”; de que não somos seres inferiores ou “caídos”, necessitados do perdão de uma deidade, que não estamos em busca de um caminho para casa, nem de iluminação.
Nossa única tarefa é limpar esses padrões; observe-os, como eles ditam sua condição de insuficiência financeira, não precisamos nem identificá-los, somente permitir que a Divindade limpe-os.

Exemplo: tem uma conta que lhe gera ansiedade? Limpe em cima da ansiedade. Para a sessão pegue as contas ou faça uma lista de tudo que é dívida e coloque em um envelope ou caderno e utilize do processo da borracha de apagar. É importante você saber onde você se situa financeiramente, qual o seu ponto de partida para a condição de prosperidade em sua vida – afinal, tendo-se uma visão do tamanho dos compromissos facilita e agiliza a solução dos mesmos. Como? Não importa, limpe.

Aqui está uma maneira de se fazer o processo para esse assunto de dificuldade financeira:

“Divindade, recolha as memórias que estão se repetindo em mim neste cenário de falta de dinheiro, falta de prosperidade e abundância, e transmute-as… ao Zero”. Ao dizer isso você sente que está reconhecendo que a condição de insuficiência financeira não é real, são somente memórias (recordações, condicionamentos, que compõem sua programação de falta de dinheiro) se repetindo. Então, ao dizer para as memórias, “Sinto muito. Me perdoe”, você reconhece que você mesmo criou este cenário ao permitir que estas memórias se repetissem – portanto está assumindo a responsabilidade por isso. Isto é extremamente libertador.

“Eu te perdôo” traz o sentimento de libertação e amor. Você perdoa as memórias pelo sofrimento causado. “Sou grato. Te amo.“ Você reconhece e agradece as memórias pelas lições, conclui sua interação com elas e as libera agora, com o sentimento do trabalho feito, lição aprendida e amor por elas. A Divindade então limpa as memórias neutralizando-as.

Mantenha as frases no seu pensamento até conseguir perceber uma mudança no seu interior, você passa a vibrar um sentimento de felicidade, gratidão, de realização em potencial. O que chama prosperidade, abundância para sua vida.

Isso é poderoso.

“Quando você é o seu Eu em primeiro lugar, sua Identidade, como o Eu a Fonte Original o criou em sua exata imagem e semelhança, tudo que é Perfeito, Íntegro e Completo é acrescentado continuamente! Essa é a Identidade Plus.

A razão da existência é para você ser seu Eu primeiro, por último e sempre. Isso se consegue pela limpeza. É através da sua Identidade, livre das energias tóxicas de pensamentos, palavras, feitos e ações, que o Eu, a Fonte Original, lhe dará o Plus automaticamente.

Não lhe pode ser negado nada que é perfeito, íntegro, completo e certo para você quando você é o seu Eu primeiro.

Sendo seu Eu primeiro faz com que você automaticamente vivencie a perfeição em Pensamentos, Palavras, Feitos e Ações Divinos. Permitindo que seus pensamentos tóxicos sejam primeiros faz com que você automaticamente vivencie a imperfeição, como doenças, confusão, ressentimento, depressão, julgamento e pobreza.

O que é o Plus? Divina Paz, Divina Clareza e Divina Riqueza muito além de toda compreensão intelectual. E Plus é automático quando você é o seu Eu primeiro, por último e sempre.

Então, sermos nossos Eu primeiro, por último e sempre é singularmente nossa única razão de ser”.

© 2008 The Foundation of I,Inc. Freedom of the Cosmos

Ihaleakala Hew Len

texto escrito por Al McAllister

Para ter mais informações sobre Ho’oponopono, deixe-nos o seu comentário.

abs,

Carl